Escola Rui Barbosa desenvolve projeto de pesquisa sobre vermicompostagem

Fonte: Ascom/Camaquã/Mayara Farias

Alunos da instituição ministrarão oficina para a comunidade sobre o assunto nesta terça-feira

CamaquãA Escola Municipal Rui Barbosa, no 7º distrito municipal, está realizando neste ano um projeto sobre vermicompostagem, sob coordenação da professora Camila Serafim.

O projeto de pesquisa atinge alunos de anos finais e suas famílias. Agora, chega a vez de o projeto integrar a comunidade.

No dia 15, a partir das 9h, na escola, os alunos de 6º ao 9º anos realizarão uma oficina sobre o tema aberta a toda comunidade escolar: “O intuito é fortalecer esta consciência ambiental”, salienta a professora.

A iniciativa tem como meta proporcionar aos alunos atividades que busquem relacionar o conhecimento adquirido em aula, através da pesquisa, com a sua vida cotidiana do meio rural.

O trabalho vem sendo realizado desde março e os alunos participaram de tudo desde o início criando um mascote, o nome do projeto, além das atividades práticas como vermicomposteira, produção de adubo orgânico e estudos de campo junto aos laboratórios de ciências do IFSul Campus Camaquã.Alunos

Segundo a professora, a vermicompostagem como tema gerador para uma prática pedagógica busca resgatar o conhecimento prévio dos educandos com base em suas atividades rurais.

“Ele é o ponto de partida para alcançar um conhecimento significativo e contextualizado, promovendo a consciência ambiental”.

Projeto Fitoterápicos supera expectativas

O projeto Fitoterápicos Plante essa Ideia da Secretaria da Saúde encerra suas atividades deste ano contabilizando resultados positivos.

Em 2015, foram mais 1460 pessoas orientadas sobre o uso e manejo correto de plantas medicinais e fitoterápicos.

CamaquãTodos são usuários do SUS e pessoas da comunidade em geral de Camaquã e região que participaram e conheceram o trabalho, pois fazem parte de grupos de trabalho ou foram encaminhados pelos profissionais de saúde.

Só em Camaquã, foram mais de mil. De acordo com a responsável do setor de fitoterápicos e coordenadora do projeto Catia Menezes Pereira, o trabalho de palestras, reuniões, oficinas práticas que o projeto oferece contribuem para a saúde de cada indivíduo, tornando cada um deles pessoas realmente saudáveis e não simplesmente sem doenças.

“Me sinto realizada, encerramos este ano com muita alegria com um trabalho voltado por uma fitoterapia-afeto além de "racional", e que venha agregar, para melhor cuidarmos das pessoas promovendo saúde”.

A iniciativa busca incentivar o uso e manejo correto das plantas medicinais aperfeiçoando os aspectos de segurança, eficácia e qualidade destes produtos, auxiliando a prevenção de doenças de acordo com as Práticas Integrativas Complementares (PIC) para usuário do SUS em forma de fitoterápicos.

A ação conta com diversos colaboradores como a Secretaria da Agricultura, Secretaria de Educação - EMEF Chequer Buchaim, Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, IFSUL, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, EMATER, as nutricionistas Juliana Pinto e Thaise Danelon e Dr. Paulo de Tarso e Douglas Chelmicki (Acupuntura).

Os fitoterápicos são medicamentos que desempenham um papel importante em cuidados contra dores, inflamações, disfunções e outros incômodos, ampliando as alternativas de tratamento seguras e eficazes. Indicado para o alívio sintomático de doenças de baixa gravidade e por curtos períodos de tempo, esse tipo de remédio pode ser produzido a partir de plantas frescas ou secas e de seus derivados e têm diferentes formas farmacêuticas.

Para mais informações entre em contato pelo telefone 3671-4840 - Setor de Nutrição ou 9522-2828, e também através do email catia.menezes@yahoo.com.br

sorvebom

 

Tags: Formação de alunos, IFSUL Camaquã, online, Prefeitura de Camaquã, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||