Prefeito Ivo Lima participa de café na SME

Fonte: Ascom/Camaquã/Foto: Júlio César Santos/Mário Garcia

A Secretaria de Educação ofereceu um café ao prefeito para apresentação da equipe da secretaria, como também de algumas renovações na pasta

Prefeito Ivo de CamaquãNa manhã de quinta-feira (5), a Secretaria Municipal de Educação ofereceu um café nas dependências da SME, ao prefeito municipal Ivo de Lima Ferreira, o qual veio acompanhado do vice-prefeito Jair Martins, secretários Gilberto Wiatrowski e Jane Leite, também do procurador do município Felipe Garcia e do vereador Mozart Pielechowski dos Santos.

Na oportunidade, a secretária de Educação, Eva Rosi Bueno Nunes, ressaltou a importância do primeiro contato entre o Executivo e os servidores da Educação que fazem parte da SME.

Em sua explanação sobre os projetos para a educação, Eva Rosi disse: “Teremos muito trabalho, mas muita renovação no ensino em Camaquã”.

Esta frase deixa bem clara a intenção da secretaria em entregar à comunidade uma educação de qualidade, renovando o formato de direcionamento de seus assessores e coordenadores.

Em seguida, cada servidor pode se apresentar, contar sobre sua função, e também colocar sugestões para uma melhor qualidade no andamento de suas tarefas.

Na sequência, o prefeito expôs alguns de seus planos para a educação como valorização ao professor municipal, apoio ao plano de carreira digno e justo para todos: “Nós temos uma tarefa importante, preparar o futuro para Camaquã, e este futuro depende de cada um de nós”, confirmando os planos de mudança para toda a cidade, mudança esta que começa por uma educação de qualidade. “Queremos tratar a educação com carinho e respeito”, finalizou o prefeito.

Secretário afirma que irá solucionar o problema das filas para marcação de exames

O secretário da Saúde, João Guilherme Godinho, afirma que já possui solução para filas como as que se formaram em frente ao INSS na manhã dessa quinta-feira (5) para a marcação do atendimento de fisioterapia.

“Esse é um problema que já vem dos governos passados e nós não podemos neste momento terminar com ela, porque estamos iniciando agora, mas nós temos soluções e prometemos para a comunidade que isso será solucionado”.Prefeito Ivo de Camaquã

Entre os pacientes que aguardavam na longa fila estava Valdir Kruger Fernandes, morador da Loureiro da Silva, que esperava desde às 15h45min de quarta-feira (4).

Ele conta que há catorze meses aguarda atendimento. Também à espera desde as quatro da tarde do dia anterior, Jeferson Costa da Silva, morador da Cohab explica que está há seis meses a espera de atendimento.

Para o secretário adjunto da pasta, o fisioterapeuta Luciano Pereira Dias, esta questão será resolvida em conjunto: “Sabemos desse problema que no primeiro dia útil de cada mês as filas para fisioterapia e no meio do mês as filas para marcação de exames.

Prefeito Ivo de CamaquãPretendemos conversar com os prestadores de serviço para encontrar alternativas para que não haja a formação dessa fila, e garantir que pacientes que são constantes na rede e os que são de emergência tenham seu atendimento garantido e humanizado”.

Sobre o serviço de atendimento de fisioterapia domiciliar, ele afirma que é uma iniciativa que irá ser mantida, pois agiliza e traz economia.

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||