Prefeito João Carlos fala sobre desafios e projeta 2015

Redação Online/com informações de Alex Soares/Ascom

Fotos: Bira Costa/Online

João Carlos de CamaquãO prefeito de Camaquã, João Carlos Fagundes Machado, seu vice, Paulo Mecca e todo o secretariado municipal, além de alguns vereadores e a imprensa da cidade e região, participaram do ato de Prestação de Contas da Administração, como ocorre anualmente, quando o executivo detalhou as principais ações realizadas em favor do município camaquense.

O Portal Online esteve presente e, pode ouvir do prefeito tudo o que foi desenvolvido ao longo de 2014, naquela cidade.

O prefeito, João Carlos Machado dividiu a sua explanação em 14 temas, conforme cada secretaria municipal.

Em cada detalhamento, resumido, das ações públicas com números, dados estatísticos e projeções, Machado tecia uma análise específica ampliando os rumos tomados.

Ele iniciou a sua prestação de contas às 9h da manhã, e, por cerca de uma hora e meia, justificou este ato como de fundamental forma de transparecer as ações públicas junto à sociedade.

Agradeceu, antes e no final, aos servidores municipais, e, salientou que nem sempre há acertos, considerando da dificuldade em satisfazer as diversas diferenças e demandas existentes em termos municipais. Entre um gole e outro de água, para refrescar a voz e renovar o fôlego, a cada troca de tema, frisou que seu governo terá neste novo ano de 2015, três frentes importantes: pavimentação, drenagem e trânsito.

Sobre estas metas disse que ambas estão já com projetos e resoluções acertados a fim de executar estas demandas em obras e ações. “Muitas coisas que estiveram trancadas em 2014, seja pela falta de dinheiro, seja pelos aspectos burocráticos, irão se desatar neste próximo ano, estou muito confiante nisso”, comentou o prefeito ao antecipar que a prioridade do seu governo para o próximo ano é “dar uma nova cara aos bairros”.

Para isso, informou, “um grande mutirão será feito pelos integrantes do nosso governo a fim de pavimentar os bairros e ampliar os serviços relacionados à drenagem, para extinguir ou evitar ao máximo os alagamentos crônicos verificados na zona urbana de Camaquã”, salientando a abertura de concurso público para agentes de trânsito e melhorias nos estacionamentos rotativos.

Um ano atípico

João Carlos classificou 2014 como sendo um ano de extremas dificuldades, impostas pela carência das finanças provocadas, principalmente, pela redução dos repasses da União.

“Teve momentos que entramos sim em pânico, pois nosso caixa estava vazio e não havia sequer expectativas de melhora, não sabíamos como iriamos pagar a própria folha salarial até o final do ano”, admitiu.

O prefeito disse que decisão de cortar custos, zerando gastos não essenciais e reduzindo a carga de jornada de trabalho da prefeitura foi acertada, já que os resultados da economia feita foram fundamentais para um final de ano com as finanças do município mais equilibradas.

Ao seu indagado pelos repórteres, sobre alguns assuntos como a crise financeira deste ano e novos investimentos no município, disse que “não adianta chorar ‘o que tinha de ser feito foi feito’”, pontuando da experiência vivida este ano de 2014, mas que está “confiante”.

Quanto a eventuais atrasos em repasses de verbas estaduais e federais, colocou que não irão interromper os serviços, ao contrário, ampliar ações, como em saúde e no trânsito, já mencionado.

Ao final, questionado se sua administração tem uma marca, uma identidade disse que, a “harmonia” é a melhor forma de definir uma gestão pública e, que, todas as suas secretarias estão integradas e unidas, assim como destacou este espírito em relação aos demais municípios regionais.

Ao final da coletiva, o prefeito reconheceu o trabalho e o esforço do presidente da Câmara de Vereadores deste ano, Ilson Meirelles, que em dezembro anunciou a renúncia de R$ 1,8 milhão, que o Poder Legislativo tinha direito este ano , mas que foi economizado.

 A atuação dos demais vereadores - da base e da oposição - também foi reconhecida por João Carlos. Ele disse que em 2014 mais uma vez os legisladores colocaram os interesses de Camaquã antes de qualquer outro.

   

Tags: Adicionar tag, João Carlos Machado, online, Prefeitura de Camaquã, Prestação de contas, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||