Prefeito reúne-se com empresários para tratar da área de 100 ha

Fonte: Ascom/Prefeitura

Prefeito João CarlosNa noite de segunda-feira (03) o prefeito João Carlos Machado, juntamente com a secretária de Indústria, Comércio e Serviços - SMICS, Maristela Miguellis Monteiro, reuniram-se com empresários locais para debater sobre a utilização da área que originalmente foi destinada aos empresários chineses.

A reunião foi realizada a pedido dos donos de empreendimentos locais.

Na ocasião, o Governo Municipal pode conhecer a proposta elaborada pelos empresários.

O administrador Giovani Girardi, avaliou a reunião como animadora. “É um projeto muito bacana, nos motiva a trabalhar ainda mais”, salientou.

Já Vinicius Cunha de Souza, acredita que o projeto trará benefícios não apenas para o comércio local, mas para a comunidade como um todo. “Estou confiante”, ressalta Souza.

O prefeito João Carlos Machado ressaltou que o Poder Executivo irá dar todos os incentivos possíveis. “O município possui condições de atender e apoiar as demandas que esse investimento requer”, afirma. A secretária Maristela Miguellis Monteiro informou que a SMICS está à disposição dos empreendedores com cursos, assessorias, apoio, etc.Camaquã

O empresário Érico Abel Meireles propôs a criação de um condomínio de empresas na área que possui 100 hectares.

Para o empresário ter direito a área, deverá atender a uma série de requisitos legais e caso haja mais empresas interessadas que o espaço disponível, será realizado um sorteio para ver quais serão os beneficiados.

Posteriormente, será feito um sorteio para definir o lote que caberá a cada um. “Agimos dentro da lei e na maior transparência possível, para que não haja dúvidas”, salienta o prefeito.

O próximo passo será a análise do projeto por técnicos da prefeitura e análise das licenças necessárias. “Teremos muito trabalho pela frente”, afirma a secretária.

Empresários interessados devem protocolar pedido na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços. Mais informações pelo 3671-5379.

Projeto da Academia ao Ar Livre é revogado pela FUNDERGS

Academia ao Ar LivreA Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul - FUNDERGS informou na última semana de julho que por falta de recursos, revogou o Edital 02/2015, que trata do Projeto da Academia ao Ar Livre.

A informação foi transmitida a Secretaria do Planejamento, que encaminhou ao secretário do Desporto e Juventude, Tiago Camerini.            

Camerini lamenta, pois a academia ao ar livre, que seria instalada na Praça Lola Zenker do bairro Floresta, proporcionaria o acesso dos moradores à pratica de exercícios físicos, como forma de inclusão social e mudanças de hábitos com o intuito de promover a saúde, e sem custo nenhum.

A FUNDERGS em nota enviada ao secretário agradeceu a participação e compreensão do município e salienta que pretende, em breve, elaborar um novo edital.

Horto Municipal produz mudas nativas e ornamentais‏

Localizado no Distrito Industrial, o Horto Municipal é uma área linda e de grande valor. Com recursos naturais que chamam muito a atenção de visitantes, o local está aberto ao público das 8h às 18h. Lá, dois funcionários da Secretaria da Agricultura e Abastecimento realizam o cultivo de sementes e a plantação de mudas de árvores nativas e ornamentais.

Ao todo, o local abriga cerca de 13 mil mudas. Entre as variedades cultivadas estão, por exemplo, Cereja, Guabijú, Erva Mate e Ingá Feijão.Horto florestal em Camaquã

O processo inicia com a coleta das sementes e o seu plantio. O resultado são mudas que serão doadas ou vendidas à comunidade. Interessados podem fazer a encomenda junto à SMAA ao custo médio de R$ 3 reais.

Lembrando que o Horto serve como área verde para o Distrito Industrial e para a cidade. Além da área verde, o Horto Municipal possui quatro estufas e sistema de irrigação para a produção das mudas.

O secretário da Agricultura e Abastecimento, José Carlos Berta Dorneles, relata que no Horto atualmente dois projetos estão em andamento:

“Estamos iniciando a produção de Ervas Medicinais, em parceria com a Secretária da Saúde e a Emater. Outra iniciativa é o Resgate da Cultura da Erva Mate que disponibiliza mudas para o plantio em propriedades rurais e escolas, entre outros.

No local, ainda está em fase de finalização a obra da Agroindústria de Vegetais, onde serão produzidas conservas, geleias e produtos vegetais picados e manipulados. “O prédio será entregue em breve para agricultura familiar do município”, explica.

Para mais informações entre em contato com a Secretaria da Agricultura e Abastecimento, localizada na rua Olavo Moraes, 1075, telefone (51) 3671-5379.

 

Tags: Empresários, Governo de Camaquã, João Carlos Machado, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||