Prefeitura inaugura a Sala do Empreendedor e lança a REDESIM

Fonte: Ascom/Camaquã/Mayara Farias

CamaquãO dia 24 de setembro ficará marcado na história do município de Camaquã. Após meses de preparação, foi lançada REDESIM - Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios e inaugurada a Sala do Empreendedor.

A cerimônia foi realizada no Centro Administrativo, com a presença do prefeito João Carlos Fagundes Machado, da gerente regional do SEBRAE/RS, Rosani Boeira Ribeiro e do presidente da Junta Comercial do Estado na região, Paulo Roberto Kopschina.

Em todo Estado, o SEBRAE/RS e a Junta Comercial do Rio Grande do Sul (Jucergs) são parceiros na implementação da REDESIM em municípios com o objetivo de simplificar e desburocratizar o registro e a formalização de empresas. O gestor de políticas públicas da Regional Sul do SEBRAE/RS, Fabrício Sanches Burkert, destaca a agilidade para a adoção da rede no município.

Além da REDESIM, também foi inaugurada a Sala do Empreendedor. O local concentrará vários órgãos como a Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços e a Junta Comercial em um mesmo espaço. O lugar oferece ainda aos empreendedores financiamento em opções de microcrédito.

A gerente regional do SEBRAE/RS destaca os benefícios que o sistema proporciona para os empreendedores no que tange a agilidade: “É a informação que tem que circular, não o cidadão”.

A secretária de Indústria, Comércio e Serviços, Maristela Migellis Monteiro, relata a intensa mobilização para se chegar a esse resultado. “No início, havia um viés de rejeitar as mudanças, mas conseguimos sensibilizar os colegas e contamos com a parceria dos outros secretários e do prefeito para a implantação da REDESIM”, ressalta.Kiko

Com a novidade, o tempo necessário para a abertura de empresas de baixo risco passará de 45 dias para 15 dias, com a meta de alcançar um prazo ainda menor no decorrer do processo. Outro destaque é a criação do alvará provisório, que será concedido em até cinco dias para negócios classificados como de menor risco.

Termina também a peregrinação por vários órgãos e o pagamento de diversas taxas, já que agora haverá apenas uma, e o número de licenças ambientais é reduzido. “A ideia é estimular o desenvolvimento e o crescimento dos empreendimentos e do município”, resume a secretária.

O prefeito João Carlos Machado agradeceu o empenho de toda a equipe e órgãos envolvidos nesse importante projeto. “Faz parte da política da atual gestão incentivar os empreendedores e proporcionar condições de crescimento”, completa.

Benefícios para o município:

• Base de dados centralizada e compartilhada;
• Incremento dos impostos municipais, através do aumento de formalização de empresas;
• Redução do custo operacional das partes envolvidas;
• Maior desenvolvimento do município.

Benefícios para o usuário:

• Entrada única de dados cadastrais e documentos;
• Redução do tempo para registro e legalização de empresas;
• Extinção da duplicidade de exigências;
• Redução da burocracia através da modernização da gestão municipal;
• Durante o processo de legalização de empresas, a informação é que circulará e não mais o cidadão.

Tags: João Carlos Machado, online, Prefeitura de Camaquã, REDESIM, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||