SEBRAE entrega diagnóstico de potencialidades do município

Fonte: Ascom/Camaquá/Mayara Farias

Fotos: Mayara Farias e Clayton Dworzecki

Sebrae e CamaquãO SEBRAE entregou aos municípios da região o Diagnóstico Territorial Centro Sul, na quinta-feira (5) no Sindicato Rural de Camaquã.

O encontro contou com a presença do secretário Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Fábio Branco, da presidente da Associação dos Municípios Costa Doce, Fábia Richter, dos membros do SEBRAE Rosani Ribeiro e Derly Fialho, prefeitos de municípios da  Costa Doce e representantes de entidades. 

A presidente Fábia Richter apresentou as principais demandas de cada município que compõem a associação.

"As necessidades são pontuais e semelhantes entre os municípios, hoje não falamos onde iremos investir, mas o que não iremos deixar parar. Todos nós prefeitos tínhamos grandes sonhos quando assumimos”, destaca.

De acordo com o diagnóstico, a região Centro Sul é pouco assistida pelos governos Estadual e Federal, apresentando dificuldades de crescimento.sorvebom

“Sinto que o Estado está ausente com os municípios e com as pessoas dessa região”, lamentou Fábio Branco.

O relatório apontou que Camaquã possui aumento significativo no número de MPE – Micro e Pequenas Empresas e queda no número de beneficiários do programa Bolsa Família.

“Uma demonstração clara que o desenvolvimento está chegando à cidade é a diminuição da dependência aos programas sociais municipais, estaduais e federais”, explica José Nahas, consultor do SEBRAE.

O prefeito João Carlos Machado afirma que umas das prioridades de sua gestão é o incentivo e apoio ao empreendedorismo. “Incentivando o pequeno empreendedor, todos os segmentos da sociedade tendem a se desenvolver”, salientou o prefeito.

Camaquã ganhou destaque no índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal no que tange a Saúde, obtendo conceito ‘A – Gestão de Excelência’. O município destacou-se também por apresentar os setores da economia bastante equitativa (produção e extração animal e vegetal, indústria, comércio, serviços e outros), sendo considerado pelo SEBRAE uma vantagem competitiva para o município.

Através do diagnóstico, pode-se perceber dificuldades semelhantes a todos os municípios da região Centro Sul. O secretário Estadual Fabio Branco comprometeu-se em dar atenção especial a essa parte do estado e agradeceu ao SEBRAE por elaborar o material: “É um diagnóstico pontual que irá auxiliar no desenvolvimento”.

Começam as obras de drenagem na Vila Nova

CamaquãComeçaram as obras de drenagem no bairro Vila Nova. Iniciado na terça-feira (10), o trabalho tem como objetivo a prevenção de alagamentos no bairro e imediações, e possui previsão de ser concluído em aproximadamente seis meses.

Em uma primeira fase, estimada em no máximo 30 dias, ocorrerá a ligação da nova tubulação com a caixa existente no entroncamento das Ruas Capitão Adolfo Castro, Olavo de Moraes e Bernardo Vieira Dias, razão pela qual serão necessárias alterações no trânsito no entorno do Portão Boa Viagem para possibilitar o tráfego de veículos em ambos os sentidos de circulação.

De acordo com o mapa, para absorver grande parte do fluxo de veículos que acessa o perímetro central pela Avenida Olavo de Moraes, serão necessárias alterações no trânsito na Rua Capitão Adolfo Castro.

Para aqueles motoristas que trafegam pela Avenida José Loureiro da Silva e, posteriormente pela Rua Capitão Adolfo Castro será criado um acesso pela Rua Marechal Floriano, que passará a ter sentido único de circulação em direção ao centro até a Rua Bernardo Vieira Dias, e possibilitará o acesso a Avenida Olavo de Moraes. 

Por outro lado, poderão converter à direita na Rua José Bonifácio para acesso à Rua Raphaela Júlia Viana com retorno a Rua Capitão Adolfo Castro a partir da Rua Carlos Kruger.

E, para aqueles motoristas que trafegam pela Rua Cristóvão Gomes de Andrade e, posteriormente pela Rua Capitão Adolfo Castro, a opção de acesso será a Rua Major Lúcio Meirelles a partir da rotatória da Igreja Imaculada e prosseguir em frente até a Avenida Marechal Floriano para o acesso até a Avenida José Loureiro da Silva e BR-116.Camaquã trânsito

Também, após contornar a rotatória da Igreja Imaculada poderão acessar a Rua Carlos Kruger, convertendo à direita na Rua Raphaela Júlia Viana com retorno a Rua Capitão Adolfo Castro a partir da Rua José Bonifácio.

As secretarias da Infraestrutura e dos Transportes salientam a necessidade de bastante atenção por parte dos condutores no entorno das obras em razão do intenso fluxo de veículos e de operários que irão trabalhar na execução da obra de drenagem.

 

Tags: João Carlos Machado, online, Prefeitura de Camaquã, Sebrae, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||