SENAC foi palco da noite de Formação Profissional da EJA

Fonte: SME/Camaquã

Equipe do SENAC instigou os alunos a continuar seus estudos para conquistar seus sonhos

camaquãO SENAC- Unidade Camaquã recebeu os alunos das Totalidades 7 das Escolas Ana Tomázia Ribeiro, José Antônio Netto e Osvaldo Aranha para uma noite de formação, no dia 05 de julho de 2017.

A diretora Denise Sefrin, juntamente com sua eficiente equipe, proporcionou aos alunos concluintes da Educação de Jovens e Adultos momentos de formação e de imersão nos diversos ambientes dos cursos técnicos da instituição, instigando-os a continuar seus estudos e conquistar seus sonhos.  

Neste primeiro semestre de 2017, a EJA tem tido inúmeros momentos de formação, integração e capacitação do corpo docente e discente, visando qualificar ainda mais o trabalho já realizado nas instituições que ofertam essa modalidade.

Desenvolver uma proposta diferenciada é resultado de um trabalho que prioriza oportunizar aos nossos jovens e adultos oportunidades de conquistar o mercado de trabalho e de satisfação pessoal, proposta de trabalho realizado pela Secretaria Municipal da Educação, através das assessoras Viviane Sampaio, Carina Rosa e Gabriela Puschnerat.

 QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E EDUCAÇÃO SEMIPRESENCIAL

 Na noite de terça-feira (11), no Auditório da Secretaria Municipal da Educação, as equipes diretivas e professores da Educação de Jovens de Adultos da Rede Municipal de Ensino foram recebidos para a apresentação do projeto piloto da EJA, que será executado neste segundo semestre.

A reformulação da modalidade está sendo articulada desde o início deste ano, com a constituição da Comissão de Reformulação da EJA, formada por supervisores de cada uma das escolas e por um representante dos professores das Escolas Ana Tomázia Ribeiro, José Antônio Netto e Osvaldo Aranha, além da Assessoria Pedagógica e Técnica da Secretaria Municipal da Educação.camaquã

O Projeto Piloto, que será desenvolvido neste segundo semestre, faz parte do processo de reestruturação da modalidade, em atendimento à Lei 1.978/2015 – Plano Municipal da Educação, que determinou que em 25% das matrículas da EJA sejam ofertadas horas de formação profissional.

Outro fator determinante se refere à estratégia para diminuir os índices de evasão, mudando o formato da Educação de Jovens e Adultos para a estrutura semipresencial, ou seja, aulas de segunda a quinta-feira, ficando a noite de sexta-feira para desenvolvimento de carga horária EAD.

Neste novo formato, as disciplinas de Ciências, Geografia, História e Língua Inglesa passam a ter um período com atividades à distância.

Quanto ao registro de horas de formação profissional, o projeto iniciará através da parceria com o IFSUL, que ofertará 12 horas de Informática Básica, para as Totalidades 7 e gradualmente, irá acontecendo nas demais totalidades que corresponderem aos anos finais do Ensino Fundamental.

A reestruturação da EJA está ocorrendo sob a coordenação das assessoras pedagógicas Carina Rosa, Gabriela de Mattos Paim Puschnerat e da Assessora Técnica Viviane Sampaio – Coordenadora da EJA no município, com o apoio da Supervisora Jussara Haas, juntamente com os membros da Comissão: Heliane Devantier, Dayane Lucena, Juliana Menezes, Fabiane Ferreira, Vera Dettman e Luciana Cullmann.       

Tags: Camaquã, Formação de alunos, online, Sesc/Senac, Tapes

Enviar comentário

voltar para Camaquã

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||