Erechim registra casos de dengue

Atmosfera ONLINE/Por: Cristiane Rhoden/foto: arquivo

O caso é acompanhado pelo Município

dengueO diretor da Vigilância em Saúde, Aldo Diligenti confirmou na manhã desta segunda-feira, 25, o primeiro caso de dengue contraída em Erechim.

Trata-se de uma moradora do bairro Rio Tigre que não teria viajado nos últimos meses.

A doença foi confirmada através de exames. Conforme o diretor da Visa a dona de casa já está recebendo acompanhamento médico. “Todos os procedimentos já foram adotados.

Vale destacar que o período crítico de transmissão da doença (os primeiros 10 dias) também já passou.

Os agentes da Vigilância Ambiental já realizaram a delimitação de focos no entorno da residência e todos os focos de mosquito encontrados foram exterminados”, explica Diligenti.

O bairro também já foi inspecionado mas é preciso atenção. Diligente reforça a importância da comunidade seguir as orientações para evitar o aparecimento de focos. “A transmissão da dengue ocorre pela picada do Aedes aegypti.

O inseto tem, em média, menos de um centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, na cabeça e no corpo. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada, que é onde ele deposita os ovos.

Por isso, o cuidado para evitar a sua proliferação são de eliminar esses possíveis criadouros, impedindo o nascimento do inseto. Cada morador precisa colaborar e fazer sua parte”, pondera.

O primeiro caso de dengue autóctone (doença contraída dentro do estado) foi confirmado em janeiro deste ano na cidade de Panambi.

Medidas de prevenção contra o mosquito

Para evitar que o mosquito apareça é preciso seguir algumas medidas:

– Tampar caixas d’água, tonéis e latões;

– Guardar garrafas vazias viradas para baixo;

– Guardar pneus sob abrigos;

– Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia;

– Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;

– Manter lixeiras fechadas;

– Manter piscinas tratadas o ano inteiro.

Os principais sintomas da dengue

– Febre alta (maior que 38.5°C), de início abrupto e que dura entre 2 e 7 dias;

– Dores musculares intensas;

– Dor ao movimentar os olhos;

– Mal-estar;

– Falta de apetite;

– Dor de cabeça;

– Manchas vermelhas no corpo;

– Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Tags: Dengue, Erechim, mosquito da dengue, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Coluna Vc Réporter

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||