Campeões mundiais em taekwondo

Publicado por Bira Costa em 19/05/2014 às 21h57

Fotos: Juliano Severo/divulgação

Os atletas e lutadores de taekwondo, Marcelo Aguiar e Juliano Severo, conquistaram neste último final de semana, em Curitiba, Paraná, as medalhas de ouro e de prata, dentro do XXII World Open Championship de Taekwondo, válido pelo calendário da W.T.F. (Federação Mundial de Taekwondo).

Eles venceram também a competição por equipes, tirando o primeiro lugar entre as demais academias gaúchas presentes no campeonato mundial desta modalidade. Marcelo e Juliano representaram o Centro de Treinamento Físico (C.T.A) da cidade de Capão do Leão, cujo mestre e faixa preta é o também lutador, Max Quevedo.

O grupo de atletas gaúchos são todos filiados a Associação de Taekwondo do RS (A.T. R) e competiram contra atletas de várias partes do Brasil, num evento que reuniu mais de 2.000 participantes das artes marciais.

Os atletas tapenses aprovaram o evento e relataram que o nível de competidores foi bastante alto. Marcelo Aguiar de 46 anos, faixa verde, que competiu na categoria master, ganhou ainda no sábado a medalha de ouro de demonstração das técnicas de poomsae.

Na luta, Aguiar também ficou com a medalha de ouro, em razão de que seu oponente não ter cumprido com o tempo preestabelecido para se apresentar no tatame de lutas, sendo desclassificado pelo júri.

Preparar novos atletas

Já Juliano Severo de 26 anos ficou com uma medalha de prata e outra de ouro na competição internacional. A medalha de prata vencida no domingo (18) foi conquistada ao enfrentar um adversário da cidade de Minas Gerais, cuja faixa e experiência acabaram prevalecendo na pontuação final dos jurados, salienta o lutador de Tapes.

Segundo Severo, que é faixa azul, seu combate teve dois rounds. Ele cita que no primeiro, valeu certa igualdade. Contudo, no segundo round o adversário recuou, mantendo uma distância entre eles, agindo apenas nos contra-ataques, o que por vezes, forçava-o a tomar as iniciativas do combate.

“Eu procuro unir mais minhas técnicas de ataque com força, mas, ele foi mais ‘malandro’, não usando tantos as técnicas, mas, sim sua experiência em lutas”, apontando também da diferença quanto à estatura entre ambos, cita Juliano.

Mesmo assim, citou estar contente com seu resultado. Já a medalha de ouro, ganha no sábado (17) veio na demonstração individual de poomsae em taekwondo. Sobre esta conquista disse que predominou, entre os vários competidores de sua categoria, uma apresentação que aliou segurança, precisão, técnica e leveza nos movimentos do atleta que pratica esta arte marcial.

“No poomsae mostramos o domínio e conhecimento de todas as técnicas da luta de taekwondo. Não há uma classificação, mas vence quem tem um desempenho melhor”, valorizando a qualidade técnica dos competidores que lá estiveram.

Após esta participação, tanto Marcelo quanto Juliano irão aprimorar os ensinamentos aos alunos que participam do Projeto de Taekwondo, dos 6 aos 14 anos, em Tapes, na Academia Corpo em Ação, visando para breve, formar novos atletas competidores. Garante Juliano que muitos convites para novas apresentações fora do estado já estão sendo oficializados.

Para setembro, assegura, os dois lutadores estarão competindo na cidade de Bagé, na Copa SulAmericana de TKW. Severo diz que pretende nesta data apresentar alunos do projeto de Tapes, nesta nova competição internacional. “E, novos convites estão chegando e sendo analisados”.

Cidades gaúchas e mestres em faixa preta do RS presentes:

Bagé – mestre: Fabrício Viana

Capão do Leão – mestre: Max Quevedo

Porto Alegre – mestre: Leonardo Santiago

Rio Grande – mestre: José Bengochea

 

 

 

 

Categoria: Geral
Tags: Campeões, Juliano Severo e Marcelo Aguiar, online, Taekwondo, Tapes

Enviar comentário

voltar para Esporte

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||