7º Siepex da UERGS começa em Tapes discutindo temas ligados a sustentabilidade e ao meio ambiente

Publicado por bira costa em 26/10/2017 às 09h10

Fonte: UERGS

uergs

Teve início nesta quarta-feira (25) a 7ª edição do Salão Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepex) da Uergs.

A abertura oficial ocorreu no final da tarde, no Ginásio da Escola Municipal José Divino Barbosa Pereira, com a presença de autoridades, apresentações artísticas e uma conferência sobre Alternativas Deocoloniais ao Desenvolvimentismo, ministrada pelo professor da Ufrgs José Carlos dos Anjos, doutor em  Antropologia Social.

Além da apresentação dos trabalhos de Ensino, Pesquisa e Extensão desenvolvidos nas unidades da Uergs, a programação, que segue até o dia 27, conta com minicursos, oficinas e mesas redondas sobre diversos assuntos.

“Serão três dias de profícuo aprendizado e apresentações do que está sendo realizado nas nossas unidades, o que significa apresentar o que realizamos em todo o estado.

O Siepex mostra o que estamos realizando para melhorar a qualidade de vida da população do Rio Grande do Sul”, disse a reitora da Uergs, Arisa Araujo da Luz.

Presente na cerimônia de abertura oficial, o prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli, destacou a importância da Uergs para o município. “A Uergs é uma oportunidade de termos uma graduação de qualidade sem precisar sair daqui.

Esta Universidade é uma realidade muito querida para o nosso município. Apoiamos e vamos continuar na luta para fortificar as unidades em todo o estado”, disse Rafaeli.uergs

Durante a abertura, ocorreu o lançamento do Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos, o que representa a realização de uma série de iniciativas pela promoção do respeito à diversidade, da cultura da paz e direitos humanos. A apresentação foi realizada pela coordenadora da área de Ciências Humanas da Uergs, Mirna de Martínez.

Alternativas para o desenvolvimento

O 7º Siepex tem como tema a “Sociobiodiversidade na Costa Doce: caminhos para o bem viver”.

Na conferência de abertura, o professor José Carlos provocou diversas reflexões sobre as ações que causam a destruição do meio ambiente e sobre a importância de atitudes diárias e pontuais.

“Essa é uma guerra moral que nós precisamos lutar com atitudes cotidianas. A passividade contribui para o extermínio da vida no planeta”, disse o conferencista, que defende que não basta esperarmos ações do Estado para reverter o quadro.

Sobre a importância da atuação da Universidade, o professor defende que é um espaço de articulação de experiências práticas, e por isso tem um protagonismo importante.

“Pode ser que não seja a Universidade a elaborar essas alternativas, mas é uma mediadora importante no processo de construção e explicitação de limites, além da produção de conhecimento”, disse o antropólogo.

Apresentações artísticas

uergsA cerimônia de abertura do 7º Siepex foi precedida por apresentações da Banda Municipal de Tapes e da Escola de Circo.

Ao final da conferência, foram realizadas apresentações do Conjunto de Flautas Doces da Uergs, da Fábrica de Gaiteiros, e da Invernada Adulta do CTG Província de São Pedro.

O conjunto de Flautas Doces é composto pela professora Fernanda Anders e pelos estudantes Nilton Macedo, Rodrigo Leite, Sabrina Costa e Silvana Costa, do curso de Música da Uergs em Montenegro. O grupo também executou os hinos nacional e rio-grandense.

ACOMPANHE O EVENTO AQUI:

http://www.uergs.edu.br/7-siepex-e-aberto-oficialmente

 

Categoria: Educação & Cultura
Tags: Ensino Superior, online, SIEPEX UERGS, Tapes, Uergs Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||