Apito vence no décimo e festeja retorno ao grupo das campeãs

Publicado por Bira Costa em 16/02/2015 às 21h26

Redação Online/Especial 

Fotos: Bira Costa/Online

Com o tema-enredo retratando a superação e amor à escola, Apito conquista título depois de três anos ausente da disputa.

A Escola de Samba Apito de Ouro voltou a conquistar o título de campeã do Carnaval em Tapes, após três anos ausentes das competições na cidade, em razão de se dedicar ao Carnaval de Porto Alegre, nas divisões de acesso.

Mas a vitória veio apertadíssima, por um décimo de pontos, ou seja, 0,1 de diferença do segundo colocado, Corujão. Na pontuação geral dos cinco jurados do Centro de Estudos e Pesquisas de Tema-Enredo e Memória do Carnaval (CETE), empresa contratada para estes fins, Apito de Ouro conquistou 104,4 pontos em todos os quesitos que concorria, contra 104,3 do Corujão.

A disputa durante a apuração foi ponto por ponto, em muitos empates em vários quesitos, até o final. Ambas estavam, também na avenida quase idênticas, pois o Apito de Ouro desfilou com 12 alas e 3 alegorias e, o Corujão com 10 alas e também 3 alegorias.

Apito de Ouro que desfilou no sábado (14), trouxe como tema-enredo: “Sou Tapes, sou arte, sou de ouro, sou apito até morrer”. Em seu desfile, a escola largou luxuosa em todas as suas fantasias, porém, teve um problema que poderia ter complicado todo o conjunto da escola, quando o carro abre-alas, com destaques e a corte da Festa do Arroz de Tapes de 2014, teve de desfilar no chão, devido a um possível sobrepeso no eixo dianteiro da alegoria.

O título do Apito de Ouro esteve, decisivamente, em dois quesitos: alegorias e adereços, que somam uma só nota, tendo a escola recebido 9,6 contra o 9,0 do Corujão. E, assim, seguiu a contagem, com diferenças bastante próximas entre ambas concorrentes, com a polêmica nota do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, quando o Apito recebeu 10, e Corujão 9,9.

Impasse no quesito de Mestre Sala e Porta Bandeira é explicado

Já o Corujão, que entrou na madrugada do domingo (15), enfrentou da mesma forma alguns contratempos, como a chuva torrencial, poucas horas antes do seu desfile, além dos fortes ventos, que afetou adereços da fantasia da bateria.

Com o tema-enredo: Mar Misterioso Mar, Mitos e Lendas as Águas Vão Contar, o Corujão, não conseguiu o bicampeonato, mais, segundo o seu presidente, André Amaro da Silveira, a sua escola fez o melhor carnaval da noite.

Ele contestou, entretanto, uma avaliação dos jurados a respeito da nota de Mestre Sala e Porta Bandeira.

Como a sua escola ganhou o título de estandarte de ouro, premiação que o grupo de jurados do CETE oferece, de comum acordo a uma entidade carnavalesca, o presidente diz ter estranhado que, se sua rival, Apito venceu neste quesito, com nota 10, como o estandarte ficaria com o segundo colocado.

A reportagem do Online conversou sobre isso com membros da Comissão do Carnaval de Tapes, que explicaram que esta premiação, não tem relação com a nota da avenida, deferida pelo jurado escolhido a julgar o quesito específico.

“É uma decisão dos jurados, e, usado normalmente em outros carnavais, como no de Tapes. Como as notas são fechadas em envelopes, certamente, não houve qualquer influência na escolha de quem foi o melhor casal de Mestre Sala e Porta Bandeira; a pontuação da avenida não desmerece a vitória do Apito de Ouro, nada está errado”, explicando o integrante da comissão, que esta é uma escolha distinta da nota do jurado.

André Amaro ainda apresentou a Comissão um papel, que teria recebido em seu barracão, onde constava uma informação que dizia da suposta vitória do Apito de Ouro, pela mesma pontuação final. Em termos gerais classificou o desfile de sua escola muito bonito e merecedor de vitória “a decisão não foi a melhor”.

Por fim, a presidente do Apito de Ouro, Helenai Xavier Ramos, disse da felicidade da escola em voltar a vencer um carnaval na cidade. Falou da emoção vivida com esta conquista, reconheceu erros internos e, que irá buscar corrigir para 2016, e, também criticou a organização que por várias circunstâncias, alterou itens do regulamento.

“O Apito já tinha montado uma estrutura de carnaval e tivemos mais de uma vez de mudar o projeto. Sempre fomos contra esta ideia de barrar pessoas de fora nas escolas. Vem para o carnaval quem quiser vir. Não posso impedir. Confiávamos na superação de tudo isso e vencemos. Mesmo diante do número de troféus a menos, (6 contra 8 do Corujão), não irá manchar a nossa vitória. Queríamos vencer em tudo, mas, para 2016, a ideia é buscar corrigir os erros e nos fortalecer e  trabalhar melhor e buscar esta vitória; será um amadurecimento, tudo se pode melhorar e aprimorar, buscar o melhor e seguir em frente”, afirmou a presidente campeã de 2015.

Resultados oficiais do Carnaval de Tapes 2015:

Campeã: Apito de Ouro – 104,4

2º Lugar: Corujão – 104,3

3º Lugar: Acadêmicos do Arroio – 97,7

4º Lugar: Império da Zona Sul – 97,0

Premiação por destaques e estandarte de ouro:

Apito de Ouro:

Comissão de Frente – Evolução – Tema-enredo – Enredo – Fantasias e Alegorias e adereços

Corujão:

Melhor Ala – Passista masculino e feminino adultos – Mestre Sala e Porta Bandeira – Porta Estandarte – Harmonia de cordas e de vozes – Bateria – Ala das Baianas (não leva nota) e Fantasia Infantil masculino

 Acadêmicos do Arroio:

Fantasia adulto masculino – Fantasia adulto feminino e Fantasia Infantil feminino

Império da Zona Sul:

Troféu de participação

Ordem dos desfiles desta segunda-feira (16) – premiação:

22h – Império da Zona Sul

23h30 – Acadêmicos do Arroio

1h – Corujão

2h – Apito de Ouro

Categoria: Turismo
Tags: Apito de Ouro, Carnaval 2015, Desfiles Escolas Samba, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||