Brigada e Corsan fazem alerta da presença de golpistas simulando analisar a qualidade da água em residências da região

Publicado por bira costa em 21/02/2018 às 14h55

Golpe estaria sendo praticado por homens e mulheres vestindo uniformes da Corsan, que posterior, furtam ou roubam as moradias

Redação Online/foto: Bira Costa

corsanUm velho mais batido golpe pode, novamente, estar sendo utilizado em dezenas de residências tanto na região Costa Doce, quanto em municípios metropolitanos, confirma a Corsan, em Nota Oficial, desta terça-feira (20), à imprensa, visando, através de homens supostamente identificados como agentes da companhia, acessar a sua casa para fins de analisar a qualidade da água, nos aspectos do cheiro e do gosto, quando furtam a moradia e roubam objetos da mesma.

Nas redes sociais, o Portal Online Comunicação e Jornalismo, recebeu o temor de muitos leitores a respeito do fato.

O alerta entre os internautas está viralizando através desta mensagem: “Se chegar uma kombi, ou outro carro, na porta da sua casa com um homem e uma mulher com uma pasta dizendo que veio tirar amostra da água p teste não atenda e nem deixe entrar que é assalto são bandidos espalhe pra todo mundo da vizinhança”.

Em face disso, a Corsan confirmou que o golpe, além de, eventualmente, já ter sido aplicado em Tapes, embora não haja registro policial, tanto na Brigada Militar e na Delegacia de Polícia de Tapes, até o momento, conforme apurado pela reportagem, já cerca as cidades de Eldorado do Sul e de Cachoeirinha.

De acordo com a nota da Corsan, não há ninguém da companhia atuando nestes respectivos municípios, desenvolvendo este tipo de trabalho.

“A Corsan informa que não faz coletas de água nas residências, a não ser que o próprio usuário tenha solicitado por meio dos canais de comunicação da Companhia (0800-646-6444 , site e aplicativo).

A Companhia alerta que os funcionários sempre usam o uniforme e portam o crachá da empresa e que as equipes se deslocam em veículos devidamente identificados com adesivos padronizados.”

Procuramos também a palavra do Comando do 30ª BPM da Costa Doce, na pessoa do major, Marcelo Mello.

Ele relatou que, até o momento, na região não há evidências sobre este crime.

Ele acredita que esta mensagem que está viralizando nas redes sociais, seja fruto de material já curtido ou compartilhado noutra região do Estado ou mesmo de fora.

“(...) até porque o texto não menciona bairro, cidade ou estado que ocorreu; acredito não ser verdadeira. Numa segunda hipótese: pode se tratar apenas de boato para fomentar ainda mais a insegurança. Por outro lado, mesmo sendo boato ou ter ocorrido de fato em outro local serve de alerta para não nos esquecermos das medidas fundamentais de segurança em relação à nossa casa. Em regra, conhecemos os carteiros, vizinhos, àquelas pessoas que normalmente frequentam nosso bairro, portanto, é importante prestar atenção aos sinais de anormalidade no nosso ambiente. Se presenciar algo diferente da rotina, pessoas, veículos, desconfie, não atenda, entre em contato com a Brigada Militar e socialize a situação para que possamos auxiliar e até se for ocaso, identificar estas pessoas.”, argumentou ao final, o major da Brigada Militar.

Categoria: Geral
Tags: Água, Brigada Militar, Corsan, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||