Combate ao crime é prioritário, diz Sartori em fórum sobre segurança

Publicado por bira costa em 21/06/2017 às 08h44

Texto: Letícia Bonato/Edição: Gonçalo Valduga/Secom

sartoriO atual cenário da Segurança Pública no Rio Grande do Sul e no Brasil está em debate nesta terça e quarta-feira (20 e 21) em Porto Alegre.

Gestores públicos e especialistas na área discutem tendências, desafios e perspectivas do que há de mais moderno no mercado mundial do segmento durante o 7º Fórum Nacional de Tecnologia e Inovação na Segurança Pública, que ocorre no Hotel Plaza São Rafael.

Em paralelo a painéis que abordam a integração entre órgãos públicos contra a criminalidade, o uso de novas tecnologias no sistema penitenciário e a importância do videomonitoramento nas ações policiais, ocorre a 66ª reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, Colégio Nacional de Comandantes-Gerais de Polícia Civil e o Colégio Nacional de Dirigentes de Perícia.

Na abertura do evento, o governador José Ivo Sartori reforçou que aumentar a eficiência do combate à criminalidade é "um esforço diário" do governo do Estado, um caminho de união de esforços que deve ser "permanente, prioritário e integrado".

"Estamos fazendo o que é possível. Posso garantir que, até o final deste ano, quatro mil novos servidores terão ingressado na Segurança Pública, entre Brigada Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Susepe e Instituto-Geral de Perícias. Nenhum município do interior ficará descoberto", assegurou Sartori.

O governador citou o aumento do custeio no orçamento de 2017 para o setor, com incremento de 19%, e o trabalho constante para ampliar as vagas prisionais, como no anúncio de quase mil em Charqueadas, Viamão e Alegrete.

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, lembrou que os investimentos qualificaram as atividades de investigação policial, inteligência e uso de tecnologias. "Estamos investindo, mas precisamos avançar e rápido. A tecnologia supre carências materiais e financeiras, mas isso tem um custo elevado", explicou. "Investimos em câmeras de videomonitoramento, cercamento eletrônico e continuamos buscando apoio dos municípios, microrregiões e do governo federal para progredir", acrescentou.

O secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Carlos Alberto dos Santos Cruz, enxerga boa vontade e integração dos gaúchos para melhorar o setor. "Segurança é o problema mais crítico do Brasil neste momento e, no estágio atual do crime organizado, se não houver integração dos pilares de segurança, não será possível superar as dificuldades", garantiu.

O prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior colocou os instrumentos do Paço Municipal à disposição dos órgãos de segurança do Estado para combater a violência nas ruas da capital.

Tecnologia para proteger

O 7º Fórum Nacional de Tecnologia e Inovação na Segurança Pública é fechado para servidores públicos da área, convidados e patrocinadores. Um dos pontos em foco é mostrar à União que as aquisições tecnológicas para os estados são essenciais para desenvolver a segurança, conforme destacou o presidente do Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública e secretário de Maranhão, Jefferson Miler Portela e Silva.

O evento terá palestras sobre o cenário da Segurança Pública no Brasil, Inteligência e o Crime Organizado - Facções Criminosas, e painéis sobre Tecnologias para o Sistema Prisional Brasileiro, Videomonitoramento nas Cidades Inteligentes: Novas Tecnologias e Modelos de Negócios, Crimes Cibernéticos e Novas Soluções de Tecnologia para a área.

Com apoio das secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sedactel), o encontro é organizado pela Network Eventos, com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública (Consesp), Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (Concpc), Conselho Nacional de Comandantes Gerais da PM e CBM (CNCG) e Conselho de Dirigentes Gerais de Órgãos Periciais Forenses do Brasil (CNPC).

Categoria: Geral
Tags: combate ao crime, Governo do Estado, online, Sartori, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||