Começa emplacamento dos veículos com o modelo Mercosul no RS

Publicado por bira costa em 18/12/2018 às 18h19

Correio do Povo/foto: Alina Souza

Média diária de emplacamentos é de 5,7 mil no Estado

placasOficialmente, teve início nesta terça o emplacamento dos veículos com o modelo Mercosul no Estado.

Com o novo sistema em funcionamento, que interliga alguns bancos de dados - CRVAs, Procergs, sistema do Denatran e Serpro - ao mesmo tempo, houve um pouco de lentidão em alguns Centros de Registro de Veículos Automotores (CRVAs) do Estado.

Segundo o diretor do Detran/RS, Paulo Roberto Kopschina, a maior dificuldade esteve relacionada a esse problema, considerado pontual.

Além disso, como na segunda-feira os CRVAs não funcionaram para a atualização, houve um volume de atendimento represado.

 "Estamos monitorando para minimizar ao máximo os prejuízos", comentou. No Estado, a média diária de emplacamentos é de 5,7 mil.

A frota em 2019 deverá chegar a 7 milhões de veículos no Rio Grande do Sul. 

Numa empresa de estampadora, localizada próximo à avenida Ipiranga, na zona Norte de Porto Alegre, a expectativa foi grande no início da manhã com as primeiras placas.

A primeira era do representante comercial Mauro Tissot, morador do bairro Jardim Botânico, que foi emplacar o carro zero recém-adquirido. "Estou há quatro dias na expectativa. Na sexta-feira passada tentei, mas o sistema ficou fora do ar", comentou ele. Com a placa em mãos, ele achou interessante o novo modelo.

A placa no modelo Mercosul é um pouco diferente das anteriores. Ao invés de três letras e quatro números, ela tem um composição diferente. São três letras, um número, uma letra e dois números. Além disso, ela não tem dados da cidade ou estado, apenas do Brasil. 

O diretor do Detran acredita que a substituição se dará sem maiores problemas. Isso porque aumentou o número de empresas estampadoras autorizadas a confeccionar a nova placa.

Além disso, a mudança não é obrigatória a todos os veículos, mas ocorrerá de maneira gradativa. São obrigados a trocar os compradores de veículos novos, quem transferir seu veículo de município, quem comprar veículo usado, quem mudar seu veículo de categoria (de passeio para aluguel, por exemplo), e ainda outros casos que exigem substituição, como perda, furto ou avaria.

O custo também é diferenciado, variando de cada estabelecimento. Em um dos locais visitados pela equipe, a nova placa tinha valor de R$ 250,00 a de carro, e R$ 130,00 para motos. O processo é relativamente rápido. 

Categoria: Geral
Tags: Detran, Governo do Estado, online, placas novas, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||