Criminosos fazem reféns em assalto a empresa em Anta Gorda

Publicado por bira costa em 02/10/2018 às 10h11

Fonte: Eduardo Cover Godinho/Rádio Aurora

bmCriminosos roubaram uma empresa que comercializa derivados de leite na noite da segunda-feira, dia 1º de outubro, por volta das 20h30min, na cidade de Anta Gorda.

O bando, ainda não identificado pelas autoridades policiais (Brigada Militar e Polícia Civil), chegou ao Comércio, Transportes e Indústria de Lácteos (Cotrilac), localizada na Linha Dr. Carlos Barbosa – proximidades do entroncamento para o Distrito de Itapuca e para a cidade de Guaporé, anunciando o assalto e rendendo os funcionários.

Todos foram colocados em uma sala (escritório), enquanto a quadrilha, composta por quatro homens armados e encapuzados, buscava encontrar dinheiro e cheques. Celulares de funcionários foram levados.

Durante minutos, os bandidos permaneceram na empresa. Parte da ação delituosa foi flagrada pelas câmeras de videomonitoramento do circuito interno, o que pode colaborar com o trabalho de investigação da Polícia Civil (PC) para a identificação dos criminosos. Nenhum dos colaboradores da empresa ficou ferido durante o roubo.

O veículo utilizado pelo bando, conforme o sistema interno de segurança da cooperativa, era um Fiat/Palio.

Os bandidos, após lograr êxito dentro da Cotrilac, fugiram por uma estrada vicinal em direção a Guaporé.

O automóvel, com placas clonadas (ILP-2772 de Novo Hamburgo) – placas originais ILJ-8140 de Porto Alegre, foi localizado por policiais militares na ponte do Rio Guaporé - divisa entre os municípios de Anta Gorda e Guaporé.

O Palio, cor vermelha, estava abandonado e com a placa traseira torta. Dentro, um moletom, uma garrafa pet com água e nada mais.

Durante a fuga, os bandidos erraram a entrada da ponte e encavalaram o veículo. Posteriormente abandonaram e fugiram, sem deixar rastros. Não há informações precisas se a quadrilha foi resgatada por comparsas, se a fuga deu-se a pé ou se estão escondidos na mata. Policiais efetuaram buscas para a localização do bando, sem sucesso.

Esta é a segunda vez que a Cotrilac é alvo de criminosos num curto espaço de tempo.

Colaboração

A BM pede aos produtores rurais e condutores que trafegam pela estrada vicinal entre Guaporé e Anta Gorda para que colaborem na prisão da quadrilha. Caso suspeitem de algo liguem para a Central de Operações (Telefone 190).

Tags: anta gorda, brigada e civil, Criminosos, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||