Flagrante em Tapes: dezenas de sepulturas e jazigos estão com algum dano e sofrem constantes furtos no Cemitério Municipal

Publicado por bira costa em 03/04/2019 às 12h37

O local de poder da prefeitura não tem iluminação noturna, está com lâmpadas queimadas e envelhecidas, sem câmeras de segurança, sem vigia, e passa por precariedade em várias sepulturas danificadas

Redação Online/fotos: Bira Costa

cemitérioNa manhã desta quarta-feira (3) de abril, um dia após novas denúncias a respeito da violação de sepulturas e jazigos estarem assustando e revoltado a população tapense, o Portal Online Jornalismo e Comunicação esteve, no local, com imagens, nas páginas oficiais, e, em fotos, conferindo a situação deste lugar que deveria ser ponto de descanso às almas, orações pela memória de quem já partiu, visitas a todos os falecidos de todas as famílias, mas passa por grave destruição, no aspecto patrimonial.

O cemitério não tem iluminação nos portões de entrada, nos dois pontos, tampouco interna. Não há segurança, e, a limpeza, tende a se resumir mesmo, ao período de finados, em novembro.

Constatamos, somente na sala administrativa, que cuida da documentação e demais detalhes pertinentes a sepultamentos, a presença de dezenas de fotografias retiradas mediante o uso de instrumentos semelhantes à faca ou similares para a retirada das molduras das fotografias, os cobres, metais, objetos esses que devem estar sendo receptados por algum tipo de comércio ilegal na cidade ou mesmo região.

Esse aspecto macabro incomoda, tanto que, nesta terça-feira (2) quatro pessoas denunciaram em redes sociais o quadro exigindo atitude do governo local, bem como da segurança pública, em matéria exclusiva do Online, anexo, no que tange às investigações dos supostos autores destas barbáries.

Conversamos com dois parlamentares que estão solicitando, via pedidos de providências a urgente reparação e zelo ao local santo.cemitério

Segundo o vereador do PP, Marcus Vigolo, por parte deste há no legislativo de Tapes protocolos para que sejam instaladas iluminações e haja um cercamento e ampliação da área de segurança e do terreno, do cemitério tapense.

Já o vereador, Eduardo Simchen (DEM), tem essa pauta há mais tempo. De acordo com ele, desde 2008, há pedidos de providências, tanto no legislativo quanto no Ministério Público (MP).

Dentre as exigências são pedidos: cercamento em toda a área (“nada faraônico”), detalha, iluminação externa e interna, instalação de portaria e vigilante (“prefeitura já me informou que não pode por ‘guarda’ armado lá, mas, não peço com arma, mas um rádio e celular a fim de avisar a Brigada Militar de casos suspeitos”), entre outras solicitações, sem resposta, afirmou o parlamentar.

Os mesmos pedidos já integram um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia (DP), citou Eduardo Simchen, desde essa época.

“Pois lá, tem esconderijo de material roubado e furtado na cidade, e serve de rota de fuga de bandidos.

cemitérioÉ uma área pública que está servindo à criminalidade, além da falta de ética e o respeito, pela violação, inclusive, das sepulturas, com ossadas expostas; um desrespeito, uma barbaridade, é, sobretudo, problema ético, de meio ambiente, de saúde pública que incomoda a muitos”, reafirmou.

Segundo o vereador, teria no MP, contra a Prefeitura de Tapes, visando esclarecer isso tudo, uma ação.

Ele, que cobra maior envolvimento de colegas parlamentares nesse sentido, inclusive, é testemunha nesse processo, pois envolve o social, a segurança, e questões de saúde.

cemitério

“A prefeitura tem de tomar providências com áreas públicas como esta”, mencionando que devido a todo o tempo que esta demanda transcorre, as explicações do ente público já caíram em descrédito.

“Estou indignado, nem vou lá ver o caos. Espero que o judiciário obrigue o governo a fazer algo em prol do cemitério. Todo mundo vê o problema, e, não é feito nada.”

Contraponto:

Procuramos o governo de Tapes, e, junto ao setor de Gabinete, através do secretário de Relações Institucionais, Junior de Farias, que afirmou desconhecer a situação e, de momento, anotou o celular do nosso canal e ficou de retornar, após conversar com o prefeito municipal.

Até o fechamento desta reportagem, não havíamos obtido a versão do governo local.

 

Tags: cemitério municipal, online, Prefeitura de Tapes, Tapes, Vandalismo

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||