IBGE pede que produtores rurais façam a regularização junto ao Censo Agropecuário 2017/2018

Publicado por bira costa em 14/03/2018 às 15h44

Fonte: José Luís Zasso -Mtb 17.031/Analista Censitário - Jornalismo - Censo Agropecuário 2017

 

Contato deve ser efetuado com o IBGE em Camaquã a fim de manter em dia os dados estatísticos

 

IBGEProdutores rurais que eventualmente não tenham recebido a visita de recenseadores do Censo Agropecuário 2017 deverão entrar em contato com o IBGE e agendar uma visita para a coleta de dados.

 

O IBGE solicita a colaboração de todos os produtores para ter diagnósticos corretos do setor agropecuário de cada município.

 

Ao longo dos 5 meses de coleta, entre outubro de 2017 e fevereiro de 2018, o IBGE percorreu integralmente os setores de todos os municípios do Rio Grande do Sul, realizando mais de 540 mil visitas.

 

Até o dia 13 de março, já haviam sido coletados 360.813 questionários no Rio Grande do Sul.

Nesta fase da operação, o IBGE trabalha na análise dos questionários coletados e na verificação da cobertura do território.

 

Logo, os produtores que eventualmente não tenham recebido a visita do IBGE, devem entrar em contato com a Agência do IBGE de Camaquã pelo telefone (51) 3671-2594, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

 

No Censo Agropecuário, o IBGE faz uso de novos sistemas de controle da coleta que utilizam imagens de satélite, onde os percursos de cada recenseador são registrados, porém é importante realizar este último chamado, dada a importância do Censo para os municípios e para o país.

 

O que é um estabelecimento agropecuário

 

A unidade pesquisada no Censo Agro é o estabelecimento agropecuário e não a propriedade rural. O coordenador operacional do Censo no Rio Grande do Sul, Luís Eduardo Puchalski, explica a diferença:

 

“Se numa propriedade rural não há produção agropecuária com o objetivo de comercialização, tão pouco uma produção que tenha por objetivo subsistência, sendo que o conceito de subsistência da pesquisa define que a produção deva ser indispensável para a sobrevivência econômica do produtor e de sua família, não temos, de fato, um estabelecimento agropecuário, logo, esta propriedade não será recenseada”.

 

Puchalski lembra ainda que se pode ter um estabelecimento agropecuário no qual a produção ocorra integralmente em terras arrendadas, neste caso, teremos um estabelecimento agropecuário e o produtor não será um proprietário de terras.

 

“Estas áreas arrendadas são, em muitos casos, de difícil identificação, dado que muitas vezes não há sequer benfeitorias no local, ou seja, há apenas uma área de lavoura. Estes produtores especialmente, caso não tenham sido recenseados, devem procurar o IBGE para agendar uma entrevista”, observa Puchalski.

 

A Agência do IBGE em Camaquã tem, sob sua jurisdição, 12 municípios. São eles: Amaral Ferrador, Arambaré, Barra do Ribeiro, Camaquã, Cerro Grande do Sul. Chuvisca, Cristal, Dom Feliciano, Mariana Pimentel, Sentinela do Sul, Sertão Santana e Tapes.

 

A agência do IBGE em Camaquã está localizada na Rua Marechal Floriano, 1380, Centro. O telefone de contato da Agência é o (51)3671-2594.

 

 

 

 

 

Categoria: Geral
Tags: Censo Agropecuário, IBGE, online, Produtores rurais, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||