Polícia Civil de Tapes faz ação contra o crime de latrocínio e cumpre mandados de prisão

Publicado por bira costa em 09/11/2017 às 10h06

Ação policial contou com o trabalho de 20 policiais entre civis e militares

Redação Online/fotos: Bira Costa 

Delegada FabianeA Polícia Civil de Tapes realizou nesta manhã de quinta-feira (9) a Operação Strike, quando cumpriu, usando um efetivo de 20 policiais entre civis e militares, de Tapes, Sentinela do Sul e Cerro Grande do Sul, em sete viaturas, a prisão de autores dos recentes latrocínios (roubo seguido de morte), no município de Tapes e em Sentinela do Sul.

A operação foi coordenada pela delegada de polícia, Fabiane Bitencourt, com o apoio de agentes da Delegacia de Polícia de Camaquã, na pessoa do delegado regional, Vladimir Urach, e se concentrou nas imediações do Corredor Pinvest com Bairro Arroio Teixeira e numa residência no centro da cidade.

Segundo a delegada Fabiane, o objetivo foi de prender os autores de crimes de roubos e latrocínios ocorridos na cidade nos últimos meses. Foram cumpridos três mandados de busca e de apreensão e cinco de prisão preventiva.

Foram presos os indivíduos Eduardo Moura Xavier Campos (já preso), Gregory Santos Rosa Machado (já preso) e Rodrigo de Oliveira Lopes, vulgo “Rodrigo sem Dente”.Delegada Fabiane

Todavia, Alessandro Machado da Silva, vulgo “Chicão”; Charles Schwalm Souza, vulgo “Boliche” seguem foragidos da polícia, mas devem ser presos em breve, assegura à delegada.

Conforme as investigações da D.P de Tapes, Eduardo Moura Xavier Campos; Gregory Santos Rosa Machado; Alessandro Machado da Silva e Charles Schwalm Souza são suspeitos do crime praticado no mês de setembro, no dia (9), da morte do vigilante, Sergio Luis Ferreira de Oliveira, popularmente conhecido por “Toco”, junto a Estação de Tratamento de Esgotos da Corsan, no Balneário Rebello, na Avenida Mauá, quando além da morte do profissional, foi levada uma arma calibre 38.

Segundo investigações, o fato também contou com a participação de um menor de idade (16) anos, cuja apreensão foi indeferida.

Crime em Sentinela do Sul

Alessandro Machado da Silva o “Chicão” e Charles Schwalm Souza o “Boliche”, também são suspeitos do latrocínio praticado no dia (8) de outubro passado, na Localidade do Bom Recreio, interior de Sentinela do Sul, durante a saída de um bailão, em que foi vítima Leandro Robe.

Na oportunidade foi subtraída uma camionete Nissan Frontier de propriedade da vítima. Este crime teria contado com a participação de um menor (16) anos, cuja apreensão não foi concretizada.

Já Rodrigo de Oliveira Lopes o “Rodrigo sem Dente” é investigado pelos roubos praticados contra uma padaria no Loteamento Pontal, no mês de setembro e numa tabacaria, na cidade de Tapes, também em setembro.

Ao final, a Operação “Strike” foi denominada dessa forma, em alusão a um dos investigados “Boliche”, uma analogia à prática do jogo de boliche, quando tira de circulação e “derruba” todos os envolvidos nos referidos crimes em atuação na cidade.

 

 

Categoria: Polícia
Tags: Brigada Militar, Delegacia de Polícia, Latrocínio, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||