Laudo da Fepam sobre a balneabilidade das praias em Tapes incomoda empresária

Publicado por bira costa em 20/01/2017 às 23h08

Redação Online/Fotos e imagem: Arquivo e Fepam/reprodução

Segundo resposta Fepam teria colocado a placa de Imprópria ao Banho em local errado da orla

praias de TapesO mais recente diagnóstico da Fepam, publicado na imprensa nesta sexta-feira (20), e a respeito das condições da balneabilidade de uma das praias da orla de Tapes, pode ter sido resultado de um erro do órgão ambiental.

Como de costume, a Fepam colhe amostras das condições da água da laguna e emite laudo técnico, onde consta a classificação de Própria ou Imprópria para Banho, conforme se pode ver nas placas colocadas em locais de banho.

Na nota desta sexta, o órgão dizia que todos os pontos de análise da balneabilidade no Litoral gaúcho foram considerados próprios para o banho, conforme análise semanal da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam).

No entanto, o relatório apontou que subira para 14 o número de pontos impróprios para banho nas águas internas do estado.

Dentre estes locais, estava o Camping dos Pinheirais, no Bairro Pinvest, um dos mais frequentados no veraneio tapense.

Mas na Costa Doce, outras duas cidade que costumeiramente recebem muitos banhistas, em São Lourenço do Sul e, em Cristal, a Fepam alertou que as condições de banho eram também impróprias.praias de Tapes

As análises da água são atividades feitas anualmente, especificamente, no verão, as quais a Fepam faz, sem comunicar o Poder Público Municipal, sobretudo, o Setor de Meio Ambiente do Município.

As prefeituras não têm ingerência no trabalho, confirmou a secretária do Meio Ambiente de Tapes, Veridiana Rodel, ao Online Comunicações.

O laudo desta sexta-feira, todavia, incomodou a empresária da Cantina dos Pinheirais, Alice Longarai.

Na rede social do Online, ela desabafou citando que estes laudos “sem nexo” afastam os turistas, que já estão poucos na atual temporada. Alice questionou que o ponto auferido para a coleta não condizia com a realidade.

“Peço as autoridades responsáveis que, verifiquem este fato, ou que pelo menos não mencionasse o nome do Camping dos Pinheirais, como impróprio. Aliás, se estivesse mesmo impróprio, tenho a certeza que as inúmeras crianças que brincam na água, todos os dias, já estariam com algum problema de saúde (...)”, ressaltou a empresária, cobrando mais ‘energia’ das autoridades locais.

Inconformada, Alice Longarai retornou a se comunicar com o Portal Online e, citou que obteve do órgão ambiental resposta, corrigindo a informação inicial do laudo por eles mesmo publicado, neste dia.

praias de Tapes“Segundo eles, a Prefeitura pode, sim, solicitar onde será feita a análise. Aqui (no Camping), geralmente é considerado o melhor ponto de balneabilidade da cidade”, tendo recebida a orientação de que, fatores assim podem ser estimulados pela alta incidência de chuvas, as quais espalham resíduos de esgoto da cidade, na laguna, um serviço que deve ser efetuado pela Corsan.

O Portal Online averiguou no site da Fepam se já havia a correção da informação, entretanto, até à noite, nas páginas, em anexo, a condição das águas no Camping dos Pinheirais, apontava como Impróprias.

Outra informação pertinente junto à assessoria de imprensa da Prefeitura de Tapes foi a de que, o local correto onde deveria estar à placa de orientação era junto a praia, atrás do Hotel Pontal, e, não no Camping dos Pinheirais, como inicialmente.

De acordo com a informação, as condições da Sanga do Arroio Teixeira fizeram com que houvesse a proliferação de bactérias.

“A Fepam colocou a placa em local errado”, salientou o jornalista da prefeitura, Voltaire Santos.

Por fim, fica o aprendizado de que, ou se trabalha, definitivamente, numa política pública para tratar o sistema de esgoto local, ou, nos próximos verões a cidade voltará a sofrer com o constrangimento de laudos ambientais, que irão manchar a reputação de balneários promissores ao turismo como o de Tapes.

Acompanhe as análises da Fepam sobre as condições das praias de Tapes e em todo o RS, neste link:

http://www.fepam.rs.gov.br/qualidade/balneabilidade.asp

Categoria: Meio Ambiente
Tags: Balneabilidade, Fepam, Lagoa dos Patos, online, Tapes

Comentários

Nara Regina em 29/01/2017 13:59:59
A Fé pai deve continuar o seu trabalho de informação. Temos casa no pinvest e o direito de saber sobre a balneabilidade das águas e a prefeitura deve continuar a dar andamento a sua política de meio ambiente exigindo dos empresários e da população em geral atitudes.

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||