Sartori assina ordem de serviço para recuperar a ETE de Tapes

Publicado por bira costa em 10/05/2017 às 15h36

Investimento do Governo do Estado somente para colocar a unidade em operação deve chegar a R$ 1 milhão. A capacidade de tratamento da renovada ETE será de até 600 economias, projeta a Corsan

Redação Online/Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

CorsanO Governador do Estado José Ivo Sartori assinou, na manhã desta quarta-feira (10), em seu Gabinete, no Palácio Piratini, a ordem de serviço para recuperação Física e estrutural da Estação de Tratamento de Esgoto de Tapes.

O evento, que contou com a presença de uma comitiva do município, composto pelo prefeito Silvio Rafaeli, mais vereadores e algumas autoridades locais, foi resultado de uma recente audiência ainda em abril, no dia (19), junto a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA), quando o diretor Administrativo da Corsan, Marcus Vinicius Vieira de Almeida, focado neste projeto, em especial, mais o prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli, acertaram com a secretária do órgão, Ana Pelline, os próximos passos para a realização das obras em direção às melhorias junto ao sistema de saneamento e de esgoto para o município de Tapes.

Na ocasião, explicou o diretor da companhia que a realização dessas negociações para retomada dessa importante ação junto à comunidade, resultaria num significativo impacto ambiental.

Para tanto, as autoridades reuniram esforços em direção à liberação da respectiva licença ambiental, o que dá tranquilidade na obra e, sobretudo, o que a envolve.

O diretor da Corsan, Marcus Vinicius de Almeida salientou acima de tudo, que de imediato, os serviços de recuperação do laboratório de análises, mais o conserto e melhoria nas cercanias da área e a consequente colocação de uma guarita são as prioridades.corsan

Ele projetou que, em até 60 dias, começam os trabalhos para recuperar das bacias de tratamento de esgoto.

“Há um conjunto de ações a serem realizados em Tapes, neste projeto, como o laboratório, cercas, as bacias de tratamento, mais um interceptor ao qual vamos depender, agora, da Fepam nos conceder a licença”, demonstrando confiança o gestor.

Esse interceptor ao qual o diretor Administrativo da Corsan mencionou, será outra fase da respectiva obra, avaliado em até R$ 2,5 milhões.

Atualmente, em Tapes, estão interligadas a ETE cerca de 30 casas, em condições de já receber o tratamento de esgoto. Mas, números extraoficiais dão conta de que a nova ETE poderá tratar, de maneira global, até 600 economias.

corsanAté que se atinja esse número, ficou acertado também que a companhia de água e de esgoto vai deixar na cidade um caminhão limpa-fossa, permanente, que fará o serviço de limpeza do sistema de esgoto, despejando este material nas bacias de tratamento.

Por fim, em contato com o diretor da Corsan, o Portal Online Comunicações e Jornalismo projetou ainda os custos para que essa ligação e consequente tratamento do esgoto implique na tarifa de água de cada morador.

O diretor da Corsan, Marcus Vinicius de Almeida citou que estes números não são precisos até o momento, em face de uma série de circunstâncias particulares, como o consumo de cada moradia, no que tange ao consumo de água, mas, que em média, variam de 30 a 40%, todavia, trazendo um benefício sócio-ambiental importante para o desenvolvimento do município, que deixará de jogar os dejetos nas águas doces da Laguna dos Patos.

 

 

 

 

Categoria: Meio Ambiente
Tags: Corsan, Estação de Tratamento de Esgoto, online, Sartori, Tapes

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||
Tempo em Tapes