Paulo Guedes garantiu que abertura comercial será gradual, diz Abimaq

Publicado por bira costa em 27/11/2018 às 19h20

Correio do Povo/Estadão/foto: José Cruz/Ag. Brasil

Presidente da Associação mostrou entusiasmo com perspectivas do novo governo

guedesO presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), João Carlos Marchesan, que participou na segunda-feira de reunião com o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira, que o setor está otimista com o novo governo.

"O que Guedes nos disse foi como música, é aquilo que a Abimaq prega. Estamos saindo de um ciclo de 20 anos de governos sociais democratas para um governo liberal.

Mas ele disse que a abertura comercial será gradual, conforme for sendo reduzido o custo Brasil", afirmou o executivo.

Segundo Marchesan, a conversa durou cerca de duas horas, "o que é uma eternidade em se tratando de uma reunião com um ministro".

"Nós mais ouvimos do que falamos porque ele disse aquilo que é interessante para a indústria.

Ele está convicto de que é preciso reindustrializar o Brasil", disse.

O presidente da Abimaq afirmou que a expectativa do setor para o ano que vem é que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça de 2,5 a 3% e que, nesse ritmo, o faturamento das fabricantes de máquinas e equipamentos avance em torno de 7%, desempenho semelhante ao de 2018.

No acumulado de janeiro a outubro, a alta é de 7,7%. "O momento ainda é de recuperação", disse.

Tags: governo bolsonaro, Impostos e economia, online, paulo guedes, Tapes

Enviar comentário

voltar para Política

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||