“Queremos construir as façanhas do nosso tempo”, diz Eduardo Leite na posse da diretoria da Federasul

Publicado por bira costa em 10/04/2019 às 09h13

Texto: Vanessa Kannenberg/Edição: Marcelo Flach/Secom/foto: Gustavo Mansur/Piratini

 

leiteApós um dia dedicado ao balanço dos 100 dias de gestão, o governador Eduardo Leite participou, na noite desta terça-feira (9), da posse da presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), Simone Leite, e da diretoria da entidade.

Além de destacar algumas das principais medidas adotadas até agora, o governador projetou os próximos passos e pediu apoio para conseguir retomar o crescimento do estado.

“Se vocês têm coragem de empreender, de surpreender, de inovar e enfrentam as dificuldades e insistem, apesar de tudo, eu não tenho como ter outra atitude que não seja a de corajosamente enfrentar os temas mais espinhosos para dar condições de competitividade para quem aqui investe”, afirmou o governador à plateia de empresários.

“Mais do que nos orgulharmos das façanhas do passado, queremos construir as façanhas do nosso tempo, para servir de modelo aos gaúchos de hoje e de amanhã”, completou Leite, fazendo alusão à nova marca do governo.

Eduardo Leite posse Federasul 2
Governador projetou próximos passos da gestão e pediu apoio de empresários na retomada do crescimento - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Lançada na manhã desta terça (9), é composta apenas pela expressão “gov.RS”, nas cores da bandeira do Estado, acompanhada da frase “novas façanhas”, remetendo ao hino gaúcho, como reconhecimento aos feitos realizados, mas também apontando para o futuro, ao propor que o Rio Grande do Sul construa as façanhas do nosso tempo, para servir de modelo aos gaúchos de hoje e de amanhã.

Reconduzida ao cargo, Simone Leite foi a primeira mulher a presidir uma entidade empresarial no estado e, agora, também é a primeira a ser reempossada. Em seu discurso, a presidente reforçou que acredita na capacitação e na conscientização da classe empresarial para ocupar espaços públicos de decisão: “Só construiremos um estado e um país melhor se houver união das classes produtivas e políticas”, disse a presidente da Federasul.

Entre as bandeiras que a entidade defende, e que Simone reforçou com o governador, está a redução de alíquotas de ICMS, privatizações e parcerias público-privadas (PPPs), redução de burocracia e tributos, e reformas estruturantes. “Seremos parceiros do poder público para mudar e melhorar a vida dos gaúchos”, afirmou a dirigente.

Simone, os 12 vice-presidentes e os responsáveis regionais que compõem a Diretoria Executiva eleita ficam no comando da Federasul até 2020. A renovação dos membros da diretoria foi de mais de 40% e a eleição, por aclamação em Assembleia Geral Ordinária, contou com a presença de 112 associações filiadas.

Federação reúne 168 filiadas

Entidade de livre associação e sem fins lucrativos, integrante do maior sistema associativo do país, a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), a Federasul conta com 168 filiadas, reunindo forças econômicas e produtivas de todos os setores da economia gaúcha: associações comerciais, industriais, de serviço, agricultura e tecnologia.

A Federasul trabalha, também, junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário na busca da melhoria da legislação referente ao mercado e de indicadores de eficiência da gestão pública.

 

 

Tags: governador eduardo leite, Governo do Estado, Investimentos, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Política

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||